quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Feijoada de couve, cenoura e salsicha de soja




Já experimentaram salsichas de soja? Pois eu já. Como a preparei desta vez nem é das melhores formas, prefiro grelhada, mas é mais uma alternativa.

Ora vamos: alho e cebola picados a refogar em azeite, molho de tomate dentro (gosto muito dos molhos do LIDL, tanto o de tomate com manjericão, como o de tomate com legumes), mais um pouco de água a ferver e entra o feijão, um frasco de feijão branco e outro de feijão preto. Segue-se cenoura e salsicha de soja às rodelas, tempera-se com sal, pimenta e cominhos, cobre-se com umas folhinhas de couve, e é deixar ferver e apurar.    


A xalchicha aqui, na companhia de umas novidades que já terão visto se seguirem amavelmente o blogue no Facecoiso:



Enquanto isso, prepara-se o arroz, salteando alho picado em azeite, juntando 1 medida de arroz e 2 de água a ferver, devidamente temperado com sal e pimenta.

Está pronto e está de apetite!

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Bife de atum com batatas coradas e couve salteada





Saudinha e juizinho é do que se precisa. Bem bastaram as asneiras natalícias e de fim de ano de que ainda não recuperei totalmente: há que colocar verdura no prato e, sobretudo, moderar nos doces.

Tome-se, portanto, bifes de atum fresco, temperando-os com sumo de limão, alho, sal e pimenta, e cozinhando-os em azeite quente. 

As batatas são preparadas na Actifry, ou cozidas e passadas na frigideira, ou assadas no forno, sempre com alho e azeite.

A couve, nada mais simples: após uma fervurinha, é salteada em mais azeite e alho. E é isto! 

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Gratinado de camarão e ameijoas





Planos e objectivos para o ano novo? Por aqui, alguns, sim. E um deles é passar no blogue mais vezes!

Ora vamos a este gratinado. Há que dar uso ao miolo de ameijoas em boa quantidade no congelador e, vai daí, faz-se assim:

Refoga-se em azeite uma chalota e dentes de alho picados, junta-se cenoura em pedacinhos e uma folha de couve cortada. Tudo refogadinho, salta lá para dentro miolo de camarão e ameijoa, devidamente descongelado e bem escorrido. Sal, pimenta e tempo para apurar um bocadinho.
  

Enquanto isso e ligando já o forno, prepara-se um bechamel com margarina, farinha maisena e leite, temperando com sal e pimenta. Tudo a postos, envolve-se o bechamel no preparado anterior e dispõe-se numa assadeira, por cima de uma camadinha de tostas. Queijo ralado por cima e forno até ficar douradinho!

   

domingo, 24 de dezembro de 2017

Trufas de chocolate e whisky




Muito raaaapidamente: fervam 2 dl de natas e enfiem lá dentro 1 tablete de chocolate de leite e outra de chocolate negro. Mexam bem com uma colher de metal e, estando tudo derretido, juntem uma pitada de sal e um golinho de whisky, mão leve no whisky, hã? Agora passam tudo para um prato fundo e deixam gelar bem no frigorífico durante 3 ou 4 horas. 



Já está. Falta moldar as trufas, retirando porções com uma colher e formando bolinhas com as mãos. Para finalizar, cada trufa é passada por canela ou coco ralado ou outra coisa qualquer, e está feita.

(Receita inspirada na da Rita Nascimento, autora de "Uma pastelaria em casa".)

E agora passem lá um Feliz Natal!

   

sábado, 9 de dezembro de 2017

Bolo de maçã e limão




Bolo já quase inexistente que fiz ontem perto da meia-noite (condição para ficar mesmo bom!).

É preciso gastar maçãs, já a ficar feias ali na fruteira, e há muitos limões. Tritura-se um, polpa, casca, tudo, no liquidificador, com meia chávena de óleo, e começa-se a tratar da massa, batendo 6 ovos com 2 chávenas de açúcar, juntando 2 chávenas de farinha e, por fim, o limão. Tudo para a forma e, por cima, 1 ou 2 maçãs cortadas em pedaços. Avança-se para o forno e, 30-40 minutos depois, está pronto a traçar!